APRESENTAÇÃO

UNIDADE 1

UNIDADE 2

DOWNLOADS

UNIDADE 2 - OS CORPOS CELESTES SE MOVIMENTAM?

6. Entendendo os movimentos no céu

Já vimos que a Terra se movimenta pelo espaço a grande velocidade. Agora faça uma pergunta a si mesmo: você consegue sentir os movimentos da Terra?

Se formos pensar apenas em nossa experiência de vida, nós não sentimos nenhum tipo de movimento da Terra. Existem alguns experimentos que mostram que a Terra possui movimentos [15], mas em nosso cotidiano, vemos quase tudo ocorrer como se a Terra estivesse em repouso. Poderíamos então nos perguntar:

Por que não sentimos os movimentos da Terra?

Para responder a essa pergunta, vamos pensar em outros exemplos em que não sentimos movimentos. Imagine que você está em um ônibus de viagem bem confortável, com as janelas fechadas com cortinas, mantendo a mesma velocidade durante a viagem e em uma estrada reta e sem buracos. Imagine então que você pega no sono nesse ônibus e de repente acorda. Você acha que seria capaz ter ideia da velocidade do ônibus sem olhar pela janela?

Nós costumamos “sentir” o movimento de um ônibus por causa das constantes mudanças de velocidade, das irregularidades nas pistas etc., mas se viajássemos em um veículo mantendo a mesma velocidade e em linha reta, nós não sentiríamos esse movimento. Se as janelas estivessem fechadas com cortinas, como na imagem abaixo, não teríamos nem ao menos como saber se o ônibus estaria em movimento ou em repouso.

Figura 21

Figura 21 - Pessoa dormindo dentro de ônibus. O ônibus está em movimento ou em repouso?

Podemos pensar em exemplos melhores que o do ônibus em que não sentimos o movimento. Em um vagão de metrô, no meio entre duas estações, a viagem se dá em linha reta e a velocidade praticamente não muda, por isso, podemos até deixar nossas mãos soltas sem cairmos. Em aviões comerciais, entre a decolagem e a aterrissagem, a velocidade se mantém praticamente constante e o movimento é feito em sua maior parte em linha reta, por isso os passageiros podem tirar os cintos de segurança e andar pela cabine sem sentir a grande velocidade do avião, que pode chegar a 900 km/h em aviões a jato [16].

Figura 22

Figura 22 - Mesmo dentro de um avião em movimento, a comissária de bordo não precisa se apoiar em nada para ficar em pé, e o lanche não cai de sua bandeja.

Quando viajamos em um veículo mantendo a mesma velocidade e em linha reta, tudo dentro dele permanece com a mesma velocidade (essa tendência recebe o nome de lei da inércia – ver seção 10). Isso significa que os objetos dentro de em veículo nessas condições, como as poltronas, o motorista etc., não se movimentam uns em relação aos outros, ou seja, eles permanecem parados EM RELAÇÃO ÀS PESSOAS DENTRO DO VEÍCULO.

Da mesma forma, podemos considerar que a Terra viaja sempre com a mesma velocidade e, para nós, com trajetória aproximadamente reta. Desse modo, nós viajamos no “veículo Terra” sem sentirmos seu movimento.

Saiba mais (clique aqui)